Qua, 13 de julho de 2022, 21:50

Professora da UFS participará de Workshop internacional
Workshop “Construindo solidariedade transnacional: pedagogias radicais do Sul”

A professora Edinéia Tavares Lopes é do Departamento de Química do Campus de Itabaiana desde 2006. Atua no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIMA) e no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED) e faz parte do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Nos dias 18 e 20 de julho do corrente ano, a professora Edinéia participará do Workshop “Construindo solidariedade transnacional: pedagogias radicais do Sul” na Universidade de Edimburgo, no Reino Unido. O evento é co-organizado pela RACE.ED, com apoio do College of Arts, Humanities and Social Sciences (CAHSS), possui o intuito de celebrar o segundo aniversário do Network RACE.ED e ocorrerá de forma on-line e presencial com tradução simultânea.

A docente, em parceria com a professora Raimunda Machado da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na oportunidade, apresentarão suas experiências em projetos, pesquisas e materiais pedagógicos sobre educação em territórios quilombolas e indígenas desenvolvidos no país. Discutirão estratégias contra a colonialidade da produção de conhecimento e a negociação de diretrizes sobre justiça educacional e mudança de políticas públicas. Nesse sentido, a professora Edinéia trará em sua fala as experiências da equipe do NEABI-UFS, os ensinamentos proporcionados pelas comunidades quilombolas sergipanas, pelos povos indígenas, pelo movimento negro e pelo movimento quilombola sergipanos.

Esse Workshop faz parte de uma série de eventos que acontecerão em Edimburgo (Reino Unido), Sergipe e Maranhão (Brasil) e que são realizados no âmbito do projeto “Building transnational solidarity in the Brazil-UK nexus: radical pedagogies from the South”, que possui como coordenadoras a Drª. Katucha Bento e a Drª. Gabriela Loureiro (ambas da Universidade de Edimburgo). O projeto contará, ainda, com um segundo Workshop, organizado pela UFS e que será realizado nos dias 23, 24 e 25 de agosto de 2022, em Sergipe, e com um terceiro, organizado pela UFMA, que será realizado nos dias 30 e 31 de agosto de 2022, no Maranhão. O Workshop, além do mais, possui uma série de estratégias para garantir a participação de discentes, ativistas, comunidades quilombolas e indígenas envolvidos.

As experiências das professoras, além do NEABI, vinculam-se, sobretudo, aos projetos de pesquisa: “Educação em ciências na perspectiva da educação intercultural: investigando e construindo possibilidades” (financiado pelo CPNq); “Entrelaços de res/ex/istências: O que temos e o que queremos na Educação Escolar Quilombola em Sergipe?” (financiamento próprio); e “Educação em ciências naturais em escola quilombola: diálogos sobre formação e trabalho docente numa perspectiva decolonial”.

Para a professora Edinéia, os temas dos Workshops são importantes porque visam promover um espaço para reflexões coletivas e criativas, facilitando a troca de conhecimentos entre ativistas de comunidades tradicionais, membros de movimentos sociais e pesquisadores/as da academia. Além disso, acredita que espera-se, com a criação dessa rede em solidariedade, que seja promovido intercâmbio contínuo de conhecimentos em nível organizacional entre a Universidade de Edimburgo, as universidades brasileiras parceiras e as comunidades envolvidas.


Notícias UFS